• Dra.Andrea Pereira

Vitamina E e sua importância para a saúde

Escrito por Stephanie Quadros

Em 22.12.21


Manter uma alimentação balanceada e rica em nutrientes é essencial para a sua saúde. Por isso, é indicado conhecer quais são os alimentos com vitamina E, assim você consegue descobrir o que está em falta na sua dieta. Para ajudar na missão, veja o que chamou a nutricionista Joice Oliveira (CRN: 09100489 – RJ) e a médica nutróloga Andrea Pereira (CRM: 83438 SP) sobre o assunto.




Para que serve a vitamina E


Segundo Joice, “a principal função da vitamina E é atuar como antioxidante lipídico não enzimático. Entretanto, também exerce proteção a membrana da célula e desempenha papel importante na regulação da agregação plaquetária.”

A dra. Andrea Pereira complementou que “a quantidade diária recomendada de vitamina E, para adultos, é de 15 mg/dia.” A nutróloga também explicou que “não há recomendação de suplementação de vitamina E com exceção de pessoas com deficiência desse nutriente, algo não comum, uma vez que a nossa necessidade diária é baixa.”

20 alimentos ricos em vitamina E para adicionar no cardápio

A nutricionista e a nutróloga citaram 20 alimentos com vitamina E que podem ser parte da dieta. Joice ressaltou que “as principais fontes alimentares da vitamina E são os óleos vegetais, incluindo o azeite de oliva e o óleo de girassol, sementes e oleaginosas, como semente de girassol, avelã, amendoim, castanha-do-Brasil, entre outros.” Confira agora mais detalhes de cada um deles:

Óleo de gérmen de trigo: de origem vegetal, deve ser próprio para consumo alimentar. Conforme Andrea, “1 colher de sopa contém 20 mg de Vitamina E”;

Sementes de girassol: ajudam na prisão de ventre e podem ser consumidas de diferentes formas. Para Joice, “a salada de sementes de girassol é uma boa opção”. Cada “100 g contém 35 mg de Vitamina E”, finalizou Andrea;

Amêndoas: segundo a nutricionista e a nutróloga, “protegem o coração e podem ser misturadas com iogurtes.” Andrea complementa dizendo que cada “100 g possui 26 mg de Vitamina E.”;

Óleo de avelã: combate o colesterol e dá um sabor especial para os pratos. Segundo Joice e Andrea, “pode aparecer em doces e salgados, sendo ótimo complemento para uma alimentação saudável”. Possui, em 1 colher de sopa, 6,4 mg de Vitamina E;

Óleo de girassol: “rico em vitamina E, com 5,6 mg de vitamina em 1 colher de sopa, é considerado um óleo muito saudável.” Explicou Andrea;

Óleo de amêndoas: Joice comentou que o óleo de amêndoas aumenta o colesterol bom (HDL) e reduz o ruim (LDL). Andrea complementou que “cada 1 colher de sopa contém 5,3 mg de Vitamina E.”;

Amendoim: ajuda a diminuir inflamações e protege o coração. Para Joice, “você pode acrescentar esse alimento no seu cardápio em forma de pastinha, a famosa pasta de amendoim.” 100 g de amendoim possui 8,3 mg de Vitamina E;

Salmão do Atlântico: segundo Andrea, “com 1,1 mg de Vitamina E em cada 100 g, pode ser consumido grelhado. Também é rico em proteínas e ômega 3.”;

Abacate: “a fruta tem 2,1 mg de Vitamina E em cada 100 g e pode ser consumida de forma natural.” A nutri e a nutróloga lembraram que o abacate possui outros benefícios, como ajudar no bom funcionamento do intestino;

Castanha-do-pará: da família das oleaginosas, contém boa quantidade de vitamina E, além de ajudar a reduzir a pressão alta. Segunda Andrea, “são, em cada 100 g, 5,7 mg de Vitamina E.”;

Sementes de abóbora: comestíveis e ricas em gorduras boas, Joice recomenda consumi-las em saladas. Contam com 2,2 mg de Vitamina E em cada 100 g;

Bacalhau: Andrea afirmou que “o alimento é rico em proteínas e conta com 2,8 mg de vitamina E em cada 100 g”;

Manga: tanto Joice quanto Andrea recomendam o consumo da fruta. A nutróloga ainda ressaltou a quantidade de vitamina E da manga: “em 100 g são 0,9 mg de Vitamina E.”;

Kiwi: o kiwi ajuda na fixação do cálcio, além de potencializar a absorção do ferro. A nutricionista e a nutróloga também ressaltaram a quantidade de vitamina E presente. Segundo Andrea, “em cada 100 g temos 1,5 mg de vitamina E.”;

Azeitonas: “ajudam a regular o intestino e aumentam a saciedade. Podem ser consumidas em saladas. Cada 100 g possui 3,8 mg de Vitamina E.” explicou Andrea;

Brócolis: é um alimento que pode ser consumido em saladas. Segundo Joice, “ele ajuda no bom funcionamento do intestino e diminui inflamações.” Andrea falou sobre a quantidade de vitamina E presente: “1,5 mg de Vitamina E em cada 100 g.”;

Damasco: a fruta é rica em antioxidantes e em vitamina C, além de conter beta-caroteno. Conforme a nutróloga, “cada 100 g de damascos possui 0,9 mg de Vitamina E.”;

Espinafre: “o espinafre pode ser consumido em saladas e é muito benéfico para o organismo.” Citou Joice. Além disso, conforme Andrea, “contém 2,0 mg de vitamina E a cada 100 g consumido.”;

Framboesa: a framboesa possui propriedades antioxidantes e reduz a quantidade de açúcar no sangue. Conforme a nutróloga, “cada 100 g da fruta possui 0,9 mg de Vitamina E.”;

Amora: “é uma fruta com poucas calorias e rica em vitamina B e K, além da vitamina E.” explicou Joice. Andrea ainda trouxe a quantidade de vitamina.


https://www.dicasdemulher.com.br/alimentos-com-vitamina-e/