• Dra. Andrea Pereira

O Papel Da Nutrição E Do Exercício No Tratamento Da Diabetes

O diabetes é uma doença crônica onde a insulina não é produzida ou o corpo não responde a ela. A insulina é um hormônio essencial para a absorção de glicose nos nossos órgãos, sem ela não podemos absorvê-la e com isso, há um aumento desse açúcar no sangue, oque é prejudicial ao organismo.

O diabetes é uma doença crônica onde a insulina não é produzida ou o corpo não responde a ela. A insulina é um hormônio essencial para a absorção de glicose nos nossos órgãos, sem ela não podemos absorvê-la e com isso, há um aumento desse açúcar no sangue, oque é prejudicial ao organismo.

Quanto maior a quantidade de açúcar no sangue, mais alto o diabetes, maior a chance de complicações renais, oculares, cardíacas e vasculares nos pacientes. Todo o tratamento e acompanhamento do diabetes baseia-se em tentar controlar os níveis de açúcar no sangue para reduzir a chance de complicações.

O tratamento do diabetes consiste de 3 pilares: medicamento, dieta e exercício. Os medicamentos são para reduzir a resistência do corpo a ação da insulina e/ou a própria insulina, dependendo do grau da diabetes. Porém se o paciente não tiver um habito alimentar saudável e praticar exercícios físicos regulares, a medicação sozinha não consegue resolver o problema.

Quanto a dieta, é importante reduzir o consumo de açucares e gorduras (que podem ser convertidos em açúcar). O açúcar não está apenas nos doces, ele está presente no arroz, no pão, no macarrão, nas farinhas, nas frutas. Por isso, é importante comer todos esses alimentos com moderação, preferindo as versões integrais e dietéticas.

Comer de 3/3h é importante para não haver queda acentuada da taxa de açúcar no sangue, que leva a hipoglicemia, ocasionando sudorese fria, vômitos, mal estar, desmaio e até coma. Verduras e legumes são muito importantes. E, as frutas não devem exceder 3-4/dia, porque elas também tem açúcar, e, mesmo sendo frutas, em excesso podem subir o diabetes.

Além da dieta, o exercício físico regular de 3-5 vezes/semana, levam a uma redução da resistência a insulina, melhorando o diabetes. Para o diabético o exercício aeróbico, como bicicleta, caminhada e corrida tem uma ação mais importante e, devem ser praticados sempre. Ajudam bastante no controle glicêmico.

Fazendo exercícios regulares, uma alimentação saudável e usando os medicamentos prescritos pelo médico, o diabético tem uma vida livre de complicações e sintomas. Cuidar-se vale a pena.