• Dra.Andrea Pereira

A Alimentação tem Interferência Direta na Acne?

Muito se comenta sobre a interferência negativa que a má alimentação tem sobre a pele e para falar mais sobre esse tema e a relação da acne com a nutrição, convidamos a médica nutróloga Andrea Pereira para tirar algumas dúvidas e falar sobre os alimentos mais indicados para o consumo no dia a dia.




Acne x nutrição:

Segundo a profissional, não existem estudos que comprovam uma associação direta entre acne e nutrição, principalmente pela dificuldade na realização de estudos controlados; porém é interessante observar que as populações ocidentais, com dietas ricas em produtos lácteos, alto teor glicêmico e de gorduras, são mais acometidas por cravos e espinhas do que as orientais. Isso é reforçado por estudos que demonstram uma ação antimicrobiana e de redução na produção de “sebo” dos polifenóis do chá verde, muito consumido no Oriente.

“O ômega 3 presente nos peixes tem uma ação protetora no aparecimento de acnes moderadas e graves, portanto eles devem estar presentes na alimentação regularmente. Além disso, dietas ricas em vegetais também têm um caráter protetor para a gravidade da acne”, indica Andrea.

Carboidratos:

O consumo elevado de carboidratos de alto teor glicêmico tem sido associado à acne, obesidade e aumento da insulina. Portanto, é indicado investir em carboidratos mais complexos, como o arroz e macarrão integral, e menos nos simples, como os doces e refrigerantes. Essa mudança de hábito é fundamental para uma dieta mais saudável, melhorando a acne e consequentemente, o risco de doenças crônicas.

Álcool:

O consumo de bebidas alcoólicas aumenta a severidade e a presença de acne por mecanismos hormonais e imunológicos. Portanto, se não for possível evitar sua ingestão, ela deve ser controlada.

Chocolate:

Quem consegue viver sem ele? Não há um consenso sobre o tema, mas estudos apontam que pessoas com acne que consomem o doce semanalmente tiveram uma piora no quadro, mesmo em situações em que o chocolate era do tipo amargo. É possível dizer então que ele está mais associado à piora da acne do que ao seu aparecimento.

Vale ressaltar que algumas pessoas têm maior tendência à acne do que outras. “Embora existam controvérsias em relação aos estudos avaliando a influência da nutrição e da acne, podemos reforçar que uma alimentação equilibrada, com menos gordura e açúcar e mais peixes e vegetais é interessante e indicada para reduzir sua gravidade. Investir em um estilo de vida saudável sempre traz benefícios em qualquer circunstância”, finaliza a profissional.

https://site.belcol.com.br/a-alimentacao-tem-interferencia-direta-na-acne/